JIU-JITSU FÓRUM & M.M.A

Cain Velásquez se lesiona; Werdum disputa cinturão interino contra Hunt

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cain Velásquez se lesiona; Werdum disputa cinturão interino contra Hunt

Mensagem por Pedro Henrique em Qua 22 Out 2014, 9:41 am

Campeão dos pesos-pesados do UFC machucou joelho, vai completar mais de um ano sem lutar e desfalca primeiro evento da companhia no México
Dana White já afirmou algumas vezes que o UFC não iria ao México sem Cain Velásquez. Todavia, com o primeiro evento da companhia no país já marcado e a menos de um mês de distância, o presidente terá de fazer o torneio sem o maior astro do MMA no país. Velásquez, atual campeão peso-pesado do Ultimate, lesionou o joelho direito nos treinos e está fora do UFC 180 , marcado para 15 de novembro na Cidade do México, segundo apurou o Combate.com junto a fontes ligadas à organização. Seu desafiante na ocasião, o brasileiro Fabricio Werdum , agora terá novo adversário pela frente: o neozelandês Mark Hunt . O duelo vale o cinturão interino da categoria. O site em espanhol do UFC confirmou a substituição.

Velásquez não luta desde 19 de outubro de 2013, quando derrotou pela segunda vez outro brasileiro, Junior Cigano. Após aquele combate, o lutador passou por cirurgia no ombro esquerdo, que o manteve fora de ação por todo o primeiro semestre de 2014. A nova lesão vai estender seu período afastado do octógono, no mínimo, até 2015.
- Estou tão inacreditavelmente decepcionado que isso aconteceu. Dizer que estava ansioso em lutar no México pela primeira vez é pouco. Eu queria demais lutar neste card. Parece que não era para ser, e não vai acontecer. Vou consertar meu joelho e voltar aos treinos o mais rápido possível. Sinto muito peloshttp://s2.glbimg.com/Ui8Wi2vZM0z-xdmcV3MapHp_hPc=/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2013/10/20/cainvelasquez-juniordossantos-evelynrodrigues_1.jpg fãs no México que estavam esperando esta luta, e espero ser capaz de comparecer e ainda ser parte deste evento histórico - disse Velásquez em comunicado oficial divulgado pelo UFC.
Nascido nos Estados Unidos, mas com raízes mexicanas, Cain Velásquez é o maior ídolo do MMA e do UFC no México e era considerado o grande chamariz para o primeiro evento da companhia no país, sonho antigo de Dana White. Ele atuou como treinador no primeiro "TUF: Latin America", cujas finais serão realizadas no UFC 180, e enfrentaria Fabricio Werdum, desafiante número 1 e seu antagonista no reality show. Com seu desfalque, o Ultimate ofereceu reembolso a torcedores que compraram ingresso e desistam de comparecer por causa da ausência de Velásquez. As entradas para o evento haviam se esgotado em oito horas.
- Eu estava descansando de um treino para outro com toda a equipe aqui em Juquipilco (México), aí recebi uma ligação do Dana White. Ele falou: "Tenho duas notícias para te dar. Uma é que você vai lutar pelo título no dia 15 de novembro. A outra é que não vai ser contra o Cain Velásquez, e sim contra o Mark Hunt". Eu respondi: "Tudo bem, fazer o quê? Estou preparado para o que der e vier". Eu falei para ele que estou treinando aqui há quase dois meses, longe da minha família, para ser o campeão - contou Werdum ao ser contactado pelo Combate.com.
Sem Velásquez no card, Fabricio Werdum deve receber a torcida dos mexicanos na luta principal. O brasileiro atua há quase dois anos como comentarista do UFC Network, canal exclusivo da companhia para a América Latina, e fala bem a língua espanhola. Além disso, ganhou exposição no México com sua participação no TUF latino-americano. Apesar disso tudo, o gaúcho não escondeu a decepção em não enfrentar o campeão linear pelo cinturão absoluto dos pesados.
- Claro que fiquei triste. Eu queria lutar contra o Cain Velásquez, estava me preparando para ele. A gente sabe que ele é um cara duro, é um grande campeão, um desafio muito grande para mim. Mas fazer o quê? Todos nós estamos sujeitos a lesões. Aconteceu, não tem o que fazer. Nunca vou falar que é mentira ou algo assim. Poderia ter acontecido comigo ou com outro. Fiquei triste no momento, mas o foco continua no cinturão. A diferença é que meu foco agora está no Mark Hunt - afirmou.
Werdum vem de quatro vitórias consecutivas no UFC; seu cartel inclui 18 vitórias, cinco derrotas e um empate. Escolhido como substituto de última hora para Velásquez, Mark Hunt é o quarto colocado do ranking dos pesos-pesados do UFC. O neozelandês vem de vitória por nocaute sobre Roy Nelson no "UFC: Hunt x Nelson", e tem cinco triunfos nas últimas sete lutas. Seu cartel, que inclui passagens pelo Pride e pelo K-1, tem 10 vitórias, oito derrotas e um empate. O brasileiro é considerado favorito, especialmente se levar o combate para o chão, onde é bicampeão mundial na faixa preta; Hunt tem seis derrotas por finalização na carreira, mas melhorou sua defesa no solo nos últimos anos.
- Não subestimo ninguém. Eu assisto às lutas do Mark Hunt desde o K-1. Eu o conheço de vista, ele é um cara gente boa, mas a gente vai ter que lutar. É um cara duríssimo - analisou Werdum.
Confira o card atualizado:
UFC 180
15 de novembro de 2014, na Cidade do México (MEX)
CARD PRINCIPAL
Peso-pesado: Fabricio Werdum x Mark Hunt
Peso-meio-médio: Kelvin Gastelum x Jake Ellenberger
Peso-leve: Diego Sanchez x Joe Lauzon
Peso-pena: Dennis Bermudez x Ricardo Lamas
CARD PRELIMINAR (até o momento)
Peso-meio-médio: Edgar Garcia x Hector Urbina
Peso-galo: Jessica Eye x Leslie Smith
Peso-pena: Final do TUF América Latina
Peso-galo: Final do TUF América Latina
Peso-meio-médio: Chris Heatherly x Augusto Montaño

Pedro Henrique
Membros Admiradores das Artes Marciais Mistas.
Membros Admiradores das Artes Marciais Mistas.

Mensagens : 45
Reputação : 2
Data de inscrição : 29/09/2014
Idade : 26
Localização : Niterói / RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum