JIU-JITSU FÓRUM & M.M.A

Cerrone reclama de Jury e critica sua atuação. Comentem...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cerrone reclama de Jury e critica sua atuação. Comentem...

Mensagem por Gabriel em Dom 04 Jan 2015, 8:57 pm

Um dos lutadores favoritos dos fãs de MMA por sua entrega dentro do octógono, Donald Cerrone experimentou uma sensação nova no UFC 182, neste sábado: a de ouvir vaias enquanto lutava. O público ficou decepcionado com a falta de momentos de trocação franca entre o "Caubói" e Myles Jury no coevento principal da noite e fez sua opinião ser ouvida durante o terceiro e último round. Foi uma sensação da qual Cerrone não gostou nem um pouco, a ponto de renegar sua clara vitória, a sexta seguida no Ultimate.

- Eu estava completamente irritado. Sou um cara que não gosta de ouvir vaias. O legado que quero deixar é de alguém que luta sempre ao máximo. Não considero essa uma vitória. Estou irritado com minha performance, vou assistir à gravação da luta e descobrir o que preciso fazer para capitalizar quando isso acontecer de novo. Peço desculpas a todos que estavam assistindo com grande expectativa - disse o peso-leve na coletiva de imprensa pós-evento.

As vaias foram mais motivadas pelo desempenho de Jury, que, invicto em 15 lutas profissionais de MMA até então, encontrou um desafio além de suas capacidades em Cerrone. Dominado no solo no primeiro round, em que escapou por pouco de três tentativas de finalização, o ex-TUF passou a maior parte dos dois assaltos seguintes circulando e buscando contragolpear. A postura irritou Caubói, que o derrubou nos segundos finais e encerrou a luta desferindo uma série de chutes fortes nas pernas do adversário caído. Seu rosto tinha uma expressão de profundo desgosto, e Cerrone explicou que estava descontando sua frustração com as vaias.

- Os chutes de “f***-se”? Foi isso que eles foram. Eu estava tentando chutar e quebrar minha perna, ou quebrar a dele. Eu estava muito irritado. (..) Naquela altura, eu estava com a visão fechada, pensando em homicídio. Era tudo. Só chutei o mais forte que pude, foi tudo o que pensei. Não estava pensando nos fãs, era só, “f***-se”, era só o que eu pensava.

De positivo, Donald Cerrone viu apenas seu bom início. Conhecido por começar as lutas mal e se recuperar aos poucos, o peso-leve desta vez dominou o primeiro round, quando ameaçou finalizar Jury com uma omoplata, um esgana-galo e uma chave de braço. Ele revelou que adotou uma tática diferente no aquecimento para entrar no octógono mais ligado.

- Meu aquecimento foi muito diferente, eu trouxe o (Pat) “Bam-Bam” Healy, ex-lutador do UFC, e fizemos três rounds durante a luta do (Nate) Marquardt. Nós basicamente lutamos e nos preparamos, então eu estava pronto para o quarto round. Entrei pensando em o que deveríamos fazer para eu entrar quente, e suei bastante, cheguei pronto para lutar, mas não sabia que alguém ia vestir seus tênis e correr a luta inteira - afirmou Cerrone, com mais uma "cutucada" em Jury.

Gabriel
Membros Admiradores das Artes Marciais Mistas.
Membros Admiradores das Artes Marciais Mistas.

Mensagens : 175
Reputação : 15
Data de inscrição : 09/03/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum