JIU-JITSU FÓRUM & M.M.A

Arquivo por categoria: Nutrição Esportiva

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Arquivo por categoria: Nutrição Esportiva

Mensagem por Gabriel em Sab 07 Set 2013, 3:31 pm

Conheça os Tipos de Proteínas para sua Suplementação

Hoje vou falar do famoso Whey Protein, se você é daqueles que chega a uma loja de suplementos e em meio a tantas opções diferentes e disponíveis e você não sabe qual a proteína que é melhor para o seu objetivo?
Calma você não é o único! Mas acho melhor tirar um tempinho e ler isso.
Você pode se dar ao luxo de diminuir qualquer outro nutriente por um período de tempo minimizando os danos, mas uma pessoa que treina sem proteína é como um bar sem cerveja. É um navio a afundar mais rápido que o Titanic em meio a dois navios fortemente armados em uma batalha de guerra… (caramba peguei pesado, mas é mais ou menos por ai rsrsrs…)
As fontes de proteína são muitas, e cada uma tem seus valores de acordo com os aminoácidos que são feitos por comprimento de uma cadeia de aminoácidos. As que você deve considerar são a soja, leite, ovos, carne, caseína e proteína de soro de leite. Uma das perguntas mais frequentes que recebo é: “Que tipo de proteína que eu deveria comprar?” Bom, deixa eu te ajudar e te explicar um pouco sobre tipos de proteína na suplementação.
 
Tipos de Proteínas
Proteína hidrolisada (WPH): Hidrolise é um processo em que as cadeias longas de proteína são decompostas em fragmentos mais pequenos. Isso significa que a proteína é, como que, “pré digerida” o que supõe um menor trabalho do sistema digestivo. Desta forma a WPH é digerida e absorvida mais rápido que a WPI, porem é mais cara e contém um pouco Hidratos de carbono e de gordura;
Proteína isolada do soro do leite (WPI): Se você me pergunta qual a melhor proteína que devo investir, eu diria esta. E tenho certeza que nenhum nutricionista diria o contrário. Porém no momento certo, levando em consideração a sua meia vida curta. A fome extrema das células no pós treino e as propriedades de ação rápidadesta irá certificar uma melhor recuperação em sua janela anabólica. É neste momento crítico após grave estresse físico que as células vão agir como uma esponja ao absorver tal nutriente. Se não, o corpo vai caçar as reservas armazenadas de nutrientes, e quando está na dieta, por exemplo, fará com que eles roubem glutamina armazenada nas células musculares. (glutamina ajuda a minimizar a degradação do tecido muscular e a aumentar a síntese protéica, fora outras coisinhas a mais);

Proteína concentrada (WPC):
 Embora o WPC não seja a proteína mais pura, porque está menos processada, é uma proteína em pó de grande qualidade que contém um pouco de Hidratos de carbono e de gordura. No entanto isto também tem algumas vantagens, devido ao pouco processamento do WPC, este conserva muitas das fracções benéficas da proteína de soro, e normalmente é mais económico do que os isolados ou hidrolisados de proteína de soro, desta forma, esta é a proteína adequada para quem quer uma boa proteína com um preço acessível;
CASEÍNA: A caseína, normalmente em forma de “caseína micelar” ou “caseinato”, normalmente é adicionada aos produtos de proteína de soro. Assim como esta se digere e absorve rapidamente e a caseína é mais lenta, ocorre um fluxo contínuo de aminoácidos aos músculos por períodos que podem ir até sete Horas. Isto tem demonstrado prevenir efectivamente a decomposição da proteína, algo muito importante para o desenvolvimento da síntese protéica. Outro benefício muito importante de proteína em pó, caseína é a capacidade dela para ajudar a proteger contra câncer de cólon. Em um estudo realizado por pesquisadores da Austrália, investigamos a atividade anti-câncer de proteínas de soro e descobriu que as proteínas do leite foram superiores a prevenção do câncer de cólon em comparação com outras fontes de proteína, como carne e soja. Isso prova a ser ainda uma outra razão porque você deve considerar fortemente a adição de proteínas de caseína para o seu consumo diário;
SOJA: A proteína de soja em forma de concentrado de proteína de soja, ou proteína de soja isolada, também pode ser adicionada a diversas proteínas. A soja digere-se e absorve-se tão rapidamente quanto o soro e é rica em aminoácidos como Arginina, Glutamina e ramificados. Também contém antioxidantes que favorecem a recuperação muscular depois do exercício. A melhor aposta é comprar produtos que contenham alguma forma de proteína de soro ou de caseína como ingredientes principais. São excelentes para tomar entre as refeições e antes de dormir, quando necessitamos um suporte de aminoácidos duradouro;
ALBUMINA: A albumina é uma proteína de alto valor biológico presente principalmente na clara do ovo, no leite e no sangue. É freqüentemente usada por praticantes de musculação como uma fonte proteica de fácil acesso (baixo custo) e boa qualidade (boa variedade dos aminoácidos que a compõe). A reposição de albumina é usada, na medicina, em tratamentos relacionados com queimaduras e hemorragias graves. Uma pessoa com queimaduras do terceiro grau em 30 a 50% do seu corpo necessitaria de 600 gramas de albumina. São necessários 10 a 15 litros de sangue para extrair-se essa quantidade de albumin sticas como a lipo-aspiração, pois, a albumina ajuda a desinchar. Também pode ser usada para recuperação de pessoas submetidas a cirurgias plásticas como a lipo-aspiração, pois, a albumina ajuda a desinchar (Aeee mulheradaaaa viu só como albulmina pode ser boa, não pensem só nos efeitos maléficos rsrs…).
 

Gabriel
Membros Admiradores das Artes Marciais Mistas.
Membros Admiradores das Artes Marciais Mistas.

Mensagens : 175
Reputação : 15
Data de inscrição : 09/03/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum